O evangelho Q - Editora e Livraria EME - Livros Espiritas
Preço reduzido! O evangelho Q Expandir

O evangelho Q

José Lázaro Boberg José Lázaro Boberg

1940

Novo

“Não se deve desprezar ninguém. O mais humilde é aquele de quem mais precisamos. E o reino dos céus é feito dos mínimos, mas que por seu amor e sabedoria produzirão muito. Nós somos esse grão de mostarda que irá crescer e se tornar luz. É esse o sentido que Jesus dava ao dizer ‘Vós sois luzes’, ‘Vós sois deuses’.”

Mais detalhes

R$ 34,11

R$ 37,90

-10%

Cálculo do Frete

Aguardando CEP

Mais informações

Após escrever O evangelho de Judas e O evangelho de Maria Madalena, o doutor José Lázaro Boberg nos traz mais um evangelho perdido: a Fonte Q.

Trata-se de uma caminhada desafiadora e instigante para quem deseja saciar a curiosidade sobre quem foi, efetivamente, Jesus de Nazaré.

A Fonte Q é um material encontrado tanto nos evangelhos de Mateus quanto de Lucas, mas não no evangelho de Marcos. São, portanto, textos baseados na tradição oral do cristianismo primitivo, que conteriam os ensinamentos de Jesus – talvez até mesmo ditados pelo próprio Mestre.

O povo de Q não era cristão. Neste livro, Boberg esclarece como esse povo pensava sobre Jesus, sem as histórias dramatizadas dos evangelhos de Marcos, Mateus, Lucas e João, criando um distanciamento do Jesus “filho de Maria” para o espírito do “Cristo” que morrera e ressuscitara.

Daí a necessidade de separar o “homem Jesus” do “Cristo” – este, uma construção teológica.

Características

Autor(a) José Lázaro Boberg
Gênero Doutrinário
Editora Editora EME
Edição - Ano da Edição Ed1 –2018
I.S.B.N. 9788595440715
Altura 23
Largura 16
Comprimento 2.0
Peso 0,425 g
Número de Páginas 320 p
Idioma Português

DOWNLOADS

Comentários

Nenhum comentário sobre este produto, ajude e seja o primeiro!

Escrever comentário

O evangelho Q

O evangelho Q

“Não se deve desprezar ninguém. O mais humilde é aquele de quem mais precisamos. E o reino dos céus é feito dos mínimos, mas que por seu amor e sabedoria produzirão muito. Nós somos esse grão de mostarda que irá crescer e se tornar luz. É esse o sentido que Jesus dava ao dizer ‘Vós sois luzes’, ‘Vós sois deuses’.”